Durante a ll Guerra mundial foi fabricado para fins militares e em grandes quantidades “walky-talkies" cuja tecnologia havia sido desenvolvida pelo engenheiro norte-americano Al Gross, anos antes. Al Gross é hoje conhecido em todo o mundo como “pai” da Banda do Cidadão (CB), pois suas experiências em um segmento do espectro de RF, levaram a utilizar os 27 MHz por uma questão de "economia" (por ser no limite do espectro de HF).
Sendo ainda hoje discutível a origem da Banda do Cidadão (CB), num aspecto existe unanimidade: o governo americano viu-se confrontado com um excedente espantoso de equipamentos militares que nunca foram usados tendo em conta o fim inesperado da II Grande Guerra, incrementando o seu usa pela população como “hobby" com o objectivo de colocar os citados excedentes no mercado. Em simultâneo, e por certo não fruto do acaso, os Radioamadores manifestaram o seu interesse de estabelecer um tráfico bilateral entre a generalidade dos cidadãos utilizando a frequência dos 27 MHz.

 

Juros brutos "e capacidade aumentou pelo tempo que ele entrou no programa BSEE na Case Escola de Ciências Aplicadas (agora parte da Case Western Reserve University) em Cleveland, em 1936. Determinado a explorar as frequências acima de 100 MHz inexploradas, conjunto Gross sobre inventar um móvel , leve, rádio portátil de duas vias. Em dois anos, Gross inventou e patenteou o "walkie-talkie" (1938) Em 1949, Gross fez outra descoberta: ele adaptou seus rádios bidirecionais para sinalização telefônica sem fio remoto. Ou seja, ele inventou e patenteou o pager telefone, através da construção de circuitos de discriminação em um receptor sem fio de bolso que respondeu seletivamente a sinais específicos. Al foi homenageado pela FCC para suas realizações. Aqui está uma cópia do certificado foi emitido:

 

 
  Al Gross Inventor do PX                
                   
       
       

 

 
   
  Ele é o inventor do walky-talkies HT   Esse pode ser o primeiro indicativo de PX da história